15 de maio de 2016

Resenha do Livro: Joyland

  Olá leitores, tudo bem com vocês?

  Hoje trago resenha especial do livro Joyland. Mas, Aline, por que a resenha é especial? Simplesmente porque é o primeiro livro do Stephen King que eu li eeehhhh =D


Sinopse: Carolina do Norte, 1973. O universitário Devin Jones começa um trabalho temporário no parque Joyland, esperando esquecer a namorada que partiu seu coração. Mas é outra garota que acaba mudando seu mundo para sempre: a vítima de um serial killer. Linda Grey foi morta no parque há anos, e diz a lenda que seu espírito ainda assombra o trem fantasma. Não demora para que Devin embarque em sua própria investigação, tentando juntar as pontas soltas do caso. O assassino ainda está à solta, mas o espírito de Linda precisa ser libertado — e para isso Dev conta com a ajuda de Mike, um menino com um dom especial e uma doença séria. O destino de uma criança e a realidade sombria da vida vêm à tona neste eletrizante mistério sobre amar e perder, sobre crescer e envelhecer — e sobre aqueles que sequer tiveram a chance de passar por essas experiências porque a morte lhes chegou cedo demais.

  Pra começar, quero dizer que eu já tinha um livro do King na minha estante antes de comprar Joyland. Era O Apanhador de Sonhos, mas como eu sempre ouvi falar que os livros dele são meio "pesados", decidi ter um primeiro contato com algo mais leve. E o que poderia ser melhor do que uma vibe de parque de diversões?

  Eu não achei esse livro misterioso de mais, como eu estava esperando. Tipo, tinha um mistério em torno de quem era o assassino da Linda Grey, e tirando uma única parte, não teve nada de horror em toda a narrativa. Aliás, eu já tinha imaginado quem era esse serial killer lá pela metade do livro, bem antes do mesmo ser revelado, e fiquei me sentindo como Sherlock Holmes heuheuheu

  A leitura é bem fluída: parece que o autor escreve de forma bem natural, como se estivesse simplesmente contando uma história para um neto. Um aspecto que eu gostei bastante também foi o de ele usar alguns palavrões, já que isso dá um toque a mais, torna os personagens mais palpáveis.

  O livro é narrado em primeira pessoa, por um Devin Jones mais velho, ou seja, dá para saber como o personagem se sentia tanto no passado (em 1973, quando os acontecimentos estavam acontecendo) tanto no presente (já que enquanto ele narra esses acontecimentos, ele vai colocando também o que pensa a respeito do que tinha acontecido quando era jovem). Isso acabou tornando ele mais realista.

  A leitura acabou se tornando muito gostosa com aquela vibe de parque de diversões, principalmente no começo, até mais ou menos a metade, se não me engano. Da metade até o final, senti falta desse aspecto, porque a temporada [no parque] tinha acabado e não havia mais tantos turistas e tals.

  Em relação a descoberta do serial killer, até que gostei de como o Devin descobriu quem ele era, as pistas que foi percebendo e as pontas que foi juntando, mas uma coisa me incomodou, que não citarei por ser spoiler.

  Já o final foi bom. Foi uma coisa normal, mas que se encaixou bem na história. Eu esperava algo mais, sei lá, surpreendente, por ser uma certa "especialidade" do King fazer finais com soluções inesperadas, mas Joyland acabou contando com um final palpável. Um único ponto negativo aqui, além daquele outro acima, foi que senti falta do destino de alguns personagens, que eram secundários sim, mas ainda assim desenvolveram um papel muito importante na narrativa.

  Em suma, Joyland foi um bom primeiro contato com o King por ser algo mais leve, mas esperava um pouco mais desse livro, principalmente na solução do mistério e no final, mesmo tendo sido uma boa experiência.

  Ah, e essa capa está maravilhosa *-*

  Estou doida para ler Sob a Redoma, mas por enquanto acho que vou ler primeiro O Apanhador de Sonhos, que já tenho qui, e que acho que vai ter resenha =D

  E aí, alguém curte os livros do King e/ou já leu esse da resenha?

  Espero que tenham gostado, leitores. Beijos <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal