22 de março de 2016

Resenha do Livro: Adriana Sydor, toda prosa

  Olá leitores, tudo bem com vocês?
  Bom, hoje vim fazer a resenha do livro Adriana Sydor, toda prosa, da autora de mesmo nome, que recebi através do projeto Divulga Livro. Se você não viu a divulgação que eu fiz dele, com mais informações, é só clicar aqui.



Sinopse: Adriana Sydor, toda prosa é um livro de crônicas escritas em primeira pessoa e que falam sobre diferentes assuntos: insônia, lembranças, faxina, vizinhos, despedidas, piquenique, acampamento, chuva, amizade, filhos e outros tantos elementos presentes em nosso cotidiano. As crônicas foram tiradas do blog da autora, Mil Compassos, e conversam com o leitor de forma poética e descontraída.


  Bem, basicamente o livro é composto de crônicas que tratam da própria vida da autora, com assuntos bem variados. Vocês podem pensar, "Mas por que eu gostaria de ler sobre a vida dela?". A resposta é simples: na maioria dos casos, as situações vividas pela narradora são bem parecidas com situações vividas pelo próprio leitor. Isso traz uma certa sensação de identificação. Além disso, aquelas narrativas que não se assemelham à realidade e/ou rotina do leitor são interessantes de serem lidas pelo ponto de vista da narradora, pelo menos no meu caso.

  Outro ponto positivo foi o tamanho dos textos. Com palavras claras e uma estrutura bem objetiva, a leitura se torna bem leve e fluída, sem maiores dificuldades, com cada crônica ocupando de uma a duas páginas (com raras exceções de três), o que torna tudo bem dinâmico.

  Gostei também de como a autora inovou no quesito estética, o que pode ser observado desde a primeira crônica. Em todos os momentos, e em todas as narrativas, ela não começa as frases com letra maiúscula, por exemplo. Calma, não foi erro de digitação nem nada. Ficou curioso? Logo no início ela esclarece essa ideia original que teve, e confesso que achei bem bacana.

  Achei bem interessante ela ter colocado, entre as crônicas digitadas, textos/poemas que ela escreveu a mão, como no exemplo abaixo. Além da escrita, há também muitas vezes desenhos próprios da autora, e isso também dinamizou a leitura.


  O único ponto que poderia ser considerado negativo, de acordo com a MINHA leitura, na MINHA opinião, é que algumas crônicas não me despertaram o interesse, mas isso é algo mais pessoal, que varia de leitor pra leitor.

  Em suma, a leitura desse livro foi uma ótima experiência, já que eu tinha um certo preconceito com crônicas. A linguagem é fácil e acessível a todos. As situações descritas são bem cotidianas, o que traz uma "identificação" por parte do leitor.

  O livro possui 239 páginas. Foi publicado pela Travessa dos Editores, com folhas amareladas grossas adorei a textura heuheue, e a fonte e seu tamanho são bons. Em relação à capa, não achei muito chamativa, mas gostei dos pássaros carregando uma mulher que parece se sentir livre, leve a solta (acho que é isso heheue).



  Para acessar a página do livro no Skoob, clique aqui.

  E aí, vocês leriam esse livro? O que acharam?
  Beijos leitores *-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal