24 de março de 2016

Livros de Ação - Série de Posts em Homenagem à Editora Record #3

  Olá leitores, tudo bem com vocês?

  Bem, depois de algum tempo trago de volta os outros posts daquela série que estou fazendo em homenagem ao divo do Grupo Editorial Record. Quer momento melhor pra isso que o aniversário de dois anos do blog? Hahahaha

  Só relembrando, com eu aqui vomitando arco-íris enquanto escrevo, que o blog conseguiu renovar a parceria Catálogo Literário com o GER eeeeeeeeeeeehhhh. Tudo bem que vocês já deviam saber porque eu vivo repetindo isso, mas é sempre bom relembrar hahaha Fiquem atentos que, para comemorar isso, além de mais algumas outras coisinhas que estou elaborando para vocês, tanto pra hoje quanto pro resto do ano, vai ter uma promoção super especial que vai ser liberada a noite <3 Fiquem atentos heuuhe

  Finalmente, caso você não tenha visto os posts anteriores dessa série, clique aqui para ver o 1º (sobre os Livros Solicitados) e aqui para ver o 2º (sobre a História da Editora).

  O post de hoje é sobre os Livros de Ação: o que são e quais recebi.


O que são os Livros de Ação?
[Resposta da Mayara, uma das pessoas que cuidam da parceria]

R: São títulos especiais que queremos que mais pessoas tenham a chance de conhecer, e por isso são enviados para parceiros sem que sejam solicitados, como um presente. Vocês [parceiros] não são "obrigados" a resenhá-los [....] Como são muito importantes para a editora, esperamos que vocês deem uma chance e leiam.

  Ao longo desse ano pretendo ler todos os livros de ação que ainda não li (tanto os que recebi ano passado quanto os que eu recebi/receberei esse ano). Então fiquem de olho que vocês terão muito mais resenhas de livros do GER esse ano hahaha

  Okay, agora, sem mais delongas, vou mostrar pra vocês os que eu recebi, e abaixo da foto, terá a respectiva sinopse e o link para resenha, caso já tenha sido publicada. Mas não se preocupem, que, conforme eu for lendo e resenhando, vou atualizando aqui pra vocês =D

P.S.: os livros não estão em ordem de chegada.




Sinopse: Um convite ao leitor para visões de mundo mais profundas, ideias jovens e novas atitudes. De Osho a Gandhi, de Jesus a Neil Young. O trabalho do artista se inspira em aforismos diversos, e as frases motivacionais se misturam a desenhos modernos e contestadores para espalhar luz, amor e gratidão. Guga traz consigo o dom de acender a esperança nos corações dos que o seguem, mas também sabe adotar um tom provocador, daquele que nos tira da zona de conforto do dia a dia e faz pensar. Sua arte, exposta ao público, vai além do contemplativo. Um ótimo presente, para os queridos ou para si mesmo, este é um daqueles livros que provoca emoções e faz refletir sobre o poder da fé. Que traduz sentimentos em cores e nos faz sorrir, quando confrontados à iluminação da arte.

Link para resenha: http://leitoresforever.blogspot.com.br/2016/03/resenha-do-livro-sorria-voce-esta-sendo.html



Sinopse: Este clássico da literatura feminista foi publicado originalmente em 1892, mas continua atual em suas questões. Escrito pela norte-americana Charlotte Perkins Gilman, ele narra, em primeira pessoa, a história de uma mulher forçada ao confinamento por seu marido e médico, que pretende curá-la de uma depressão nervosa passageira. Proibida de fazer qualquer esforço físico e mental, a protagonista fica obcecada pela estampa do papel de parede do seu quarto e acaba enlouquecendo de vez. Charlotte Perkins Gilman participou ativamente da luta pelos direitos das mulheres em sua época e é a autora do clássico tratado Women and Economics, uma das bíblias no movimento feminista. Esta edição de O papel de parede amarelo, que chega às livrarias pela José Olympio, traz prefácio da filósofa Marcia Tiburi.

Link para resenha: http://leitoresforever.blogspot.com.br/2016/04/resenha-do-livro-o-papel-de-parede.html?utm_source=bp_recent&utm-medium=gadget&utm_campaign=bp_recent




Sinopse: Toda mulher já se sentiu insegura na hora de sair sozinha na rua. O risco de ser abordada, perseguida ou assediada é uma realidade. Mas, um dia, uma moça chamada Babi Souza teve uma ideia simples e revolucionária: da próxima vez em que você estiver sozinha, olhe para os lados. Pode ter outra mulher andando na mesma direção. Por que não vão juntas? Logo, o movimento Vamos Juntas? conquistou moças em todo o Brasil, se tornando um símbolo de união feminina e feminismo, na defesa por direitos iguais entre homens e mulheres. Aos poucos, muitas mulheres mudaram sua forma de enxergar o dia a dia e a moça ao lado. Além de dados sobre o feminismo, que mostram como ainda há tanto a ser conquistado, este guia traz relatos de mulheres que aprenderam, junto ao Vamos Juntas?, a enxergar companheiras umas nas outras. A se unir, ao invés de rivalizar.

Link para resenha: http://leitoresforever.blogspot.com.br/2016/05/resenha-do-livro-vamos-juntas.html#more



Sinopse: O amor não é uma propriedade de quem sente, é uma transferência total para quem é amado Você que está vendo este livro com dúvida se precisa dele, você não precisa dele, precisa de si, vive caçando uma palavra que confirme o que deseja, está atrás de um escritor que possa lhe recomendar de volta para quem brigou, com capacidade de explicar o que sente e traduzir seus tormentos. Mas já sabe o que deseja, não há como convencer do contrário, os amigos mostraram que seu relacionamento não tem futuro. Não acredita neles, acredita somente no milagre. E como justificar um milagre, ainda mais para quem não tem mais fé? Eu entendo o que está passando: sua raiva, sua amargura, seu cinismo, seu desencanto. Percebeu que a razão não conforta, que a vingança ou o perdão não ressuscita a tranquilidade, que o fundo do poço nunca se equivale ao nosso fundo. Você parece normal, mas todo mundo deixa de ser normal quando se apaixona e se separa. Se sua expectativa é por uma solução, eu guardo apenas uma certeza que trará alívio mais adiante: você não vai desistir. Quando diz que acabou a relação, é que está procurando um outro jeito de recomeçar. Em seu novo livro de crônicas, Carpinejar apresenta 42 textos que sobre amor, desilusão amorosa, casamento, divórcio, saudade e outros sentimentos que compõem os relacionamentos.

Link para resenha: http://leitoresforever.blogspot.com.br/2015/10/resenha-do-livro-para-onde-vai-o-amor.html?showComment=1454633241843#c2516195870091415973



Sinopse: Elsie Bovary é uma vaca muito feliz em sua bovinidade. Até o dia que resolve sair sorrateiramente do pasto e se vê atraída pela casa da fazenda. Através da janela, observa a família do fazendeiro reunida em volta de um Deus Caixa luminoso – e o que o Deus Caixa revela sobre algo chamado “fazenda industrial” deixa Elsie e tudo o que ela sabia sobre seu mundo de pernas para o ar. A única saída? Fugir para um mundo melhor e mais seguro. Assim, um grupo para lá de heterogêneo é formado: Elsie; Shalom, um porco rabugento que acaba de se converter ao judaísmo; e Tom, um peru tranquilão que não sabe voar, mas que com o bico consegue usar um iPhone como ninguém. Munidos de passaportes falsos e disfarçados de seres humanos, eles fogem da fazenda e é aí que a aventura deles alça voo – literalmente. Elsie é uma narradora marrenta e espirituosa; Tom dá conselhos psiquiátricos com um sotaque alemão um tanto forçado; e Shalom, sem querer, acaba unindo israelenses e palestinos. As criaturas carismáticas de David Duchovny indicam o caminho para um entendimento e uma aceitação mútuos dos quais esse planeta tanto precisa.

Link para resenha: não publicada.




Sinopse: O próximo da fila é um original e divertido romance de formação, que retrata com leveza e poesia os sonhos, as frustrações e os medos de uma das épocas mais conturbadas que vivemos: a entrada na vida adulta. Após a morte do pai, o protagonista de O próximo da fila – de quem não sabemos o nome – se vê subitamente responsável por ajudar a mãe a cuidar da casa e do irmão mais novo. Jovem e inseguro, consegue emprego em uma rede de fast-food, trabalho que tenta conciliar com os estudos, e encontra seu primeiro amor – uma garota cujo sumiço misterioso será o derradeiro passo da dura e necessária transição para a maturidade.

Link para resenha: http://leitoresforever.blogspot.com.br/2016/04/resenha-do-livro-o-proximo-da-fila.html#more




Sinopse: Mario Prata ressuscita personagens célebres da história do Brasil e usa toda a sua irreverência para arrancar confissões íntimas de figuras como Aleijadinho, Tiradentes e Xica da Silva Ao ler as entrevistas do livro, o leitor se pergunta: afinal, tudo isso foi inventado por Mario Prata? O autor nos garante que não: é tudo verdade, embora sua verve torne tudo mais surpreendente, engraçado e picante. Dom Pedro I, a marquesa de Santos, Dom João VI contam tudo que o povo sempre quis saber e Mario Prata resolveu perguntar. Iça-Mirim, índio levado para a corte francesa, explica a origem da expressão “afogar o ganso”; Dom Casmurro (criação ficcional de Machado de Assis que o autor inclui entre os personagens históricos brasileiros), explica, afinal, quem traiu quem, e dona Maria, a louca, entre um cigarro (nem um pouco legalizado) e outro, conta sobre seu reinado.

Link para resenha: não publicada.




Sinopse: Londres, segunda década do século XXI. Rodolfo Ruppel, oficial da Marinha brasileira, é enviado à capital britânica numa missão secreta, sob o pretexto de participar de evento de uma empresa especializada em defesa naval. Viaja com a esposa, Carla, e pretende aproveitar a oportunidade para tentar reinventar o casamento já desgastado. Pouco lhe é informado acerca da missão, mas sabe que terá de recapturar informações roubadas sobre o ambicioso Projeto Pré-Sal 2025, grande conquista tecnológica da Marinha brasileira: um submarino híbrido, semidiesel, seminuclear – a arma capaz de alçar o país à elite militar mundial –, cujo principal objetivo era a defesa do pré-sal brasileiro. As instruções, criptografadas em Os girassóis, de Vincent Van Gogh, envolvem Ruppel em uma rede de alianças e traições, trama intrincada em que conhece a misteriosa e sedutora engenheira naval Victoria Borges, que o conduzirá a um mundo de prazer e perigo até então desconhecido. Vivianne Geber é militar há 17 anos, prestando assessoria jurídica à Marinha do Brasil. Em Missão pré-sal 2025, a autora utiliza seu conhecimento profissional para trabalhar com grande habilidade questões factuais na envolvente trama de espionagem.

Link para resenha: não publicada.

 


Sinopse: A morte de uma professora de filosofia revela a rivalidade – a princípio, filosófica – entre duas famílias proeminentes nas duas principais universidades do Paraná. A história é narrada por um psicólogo que conversa com uma misteriosa paciente, alocada no quarto 206 de uma clínica psiquiátrica. Seria possível que o assassinato tivesse como causa desavenças acadêmicas entre os Koch e os Klein, ambos clãs que migraram da Alemanha para o Sul do Brasil? Ou teria algo a ver com um segredo enterrado no passado? Em meio a discussões sobre Nietzsche e Santo Agostinho, somos conduzidos pelos meandros desse mistério por um dos escritores mais promissores da nova geração.

Link para resenha: não publicada.




Sinopse: Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. O Sol é para todos, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações.

Link para resenha: não publicada.



Sinopse: Entre terroristas e espiões, ele busca descobrir o mistério por trás de um nome desconhecido Primeiro romance de Igor Gielow, Ariana é a história de Mark, um jornalista brasileiro, correspondente em Londres. Especialista em Oriente Médio e Sul da Ásia, ele é escalado para cobrir os conflitos políticos e religiosos no Paquistão. Lá conta com a ajuda de Waqar, intérprete paquistanês que se torna seu amigo. Em um atentado, Waqar acaba fatalmente ferido e seu último pedido é que Mark encontre Ariana. Para achar quem ou que é Ariana, o jornalista parte em uma busca pela região, dividida entre facções e grupos terroristas, e vai descobrir um mistério que poderá colocar sua vida em risco – ou render um grande furo de reportagem. Ariana é uma história envolvente de investigação e mistério, que mescla ficção a fatos históricos, como a morte da ex-primeira-ministra do Paquistão, Benazir Bhutto, em 2007. Com profundo conhecimento da história e da realidade do Oriente Médio, Gielow cria um enredo digno dos gigantes do gênero, como John Le Carré.

Link para resenha: não publicada.


Sinopse: Após sua estreia literária com O Segredo do Oratório, sucesso de público e crítica, Luize Valente volta a mergulhar, de maneira ainda mais surpreendente, na história de uma família de migrantes em Uma praça em Antuérpia. Com domínio da narrativa, que vai e volta do ano-novo de 2000 em Copacabana para os anos da eclosão da Segunda Guerra na Europa, Luize reconstitui a desgraça imposta pelo nazismo aos judeus, razão pela qual muitos deles viriam fazer a vida no Brasil. Reunindo sensibilidade pelo drama humano e extensa pesquisa histórica, Luize retrata a chaga do nazismo na miudeza do cotidiano, na intimidade das famílias alemães e europeias, com bárbaros desdobramentos em Portugal, no lar de Clarice e Olivia, de onde a narrativa parte para ganhar o mundo e o Brasil. Acompanhamos a fuga de Clarice e seu marido, o pianista judeu Theodor, por grande parte da Europa, sempre um passo à frente da perseguição nazista, fuga que leva parte da família a cruzar o oceano. Como se não bastasse essa narrativa de tirar o fôlego, Luize presenteia o leitor com um final emocionante e totalmente inesperado.

Link para resenha: não publicada.




Sinopse: Um romance impactante sobre uma mãe que precisa aprender a conviver com a ausência do filho. Depois que seu filho desapareceu aos 5 anos, Ângela dedicou toda a sua vida à busca da criança. Parou de trabalhar, não teve mais filhos, afiliou-se a instituições de busca de crianças desaparecidas. Mas após trinta anos sem nenhum resultado, ela finalmente decide desistir completamente da procura. Além da própria dor e culpa, Ângela precisa enfrentar o julgamento de todos aqueles que de alguma forma estavam envolvidos com sua história. Rebentar é um corajoso e emocionante mergulho nas dores da perda.

Link para resenha: não publicada.


 


Sinopse: A jornalista Consuelo Dieguez resgata a história do fundador da H. Stern e a trajetória da joalheria no livro H Stern, a história do homem e da empresa. A autora percorre a infância de Hans Stern em Essen, na Alemanha, passa por sua chegada ao Rio ainda na adolescência na década de 30, até se debruçar sobre a criação e evolução da joalheria carioca, que completou 70 anos este ano.

Link para resenha: não publicada.

  E aí, alguém já leu ou se interessa por algum desses livros? Comentem aqui embaixo =D
  Beijos *-*

2 comentários:

  1. Nossa fico louca olhando esse tanto de livros, vontade de ler todos. haha
    Amei seu blog !
    Beijos <3
    http://ideias-alternativas1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Poliana 😃
      Eu ainda vou ler todos huehue
      Que bom que gostou, volte sempre 😉
      Beijos 😘

      Excluir

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal