27 de agosto de 2015

[Wet Hot American Summer] - Pra expandir a Grade de Séries

  Olá pessoas! Estamos beirando a última semana da Summer Season 2015 nos EUA, e o que tínhamos de série pra estrear, já estreou, o que tínhamos pra ver, já vimos, e o que havia de ser analisado, assim foi feito. Acompanhei boa parte delas, e foi ótimo fazer essa maratona com vocês, então muito obrigado pela atenção!
  Sabemos que a Netflix é uma emissora com um estilo muito próprio, e ela adora inovar nas suas produções. As últimas séries lançadas pela mesma, ainda na Summer Season, prova isso, e depois da incrível e bem sucedida Sense8, temos Wet Hot American Summer, uma série que vem dividindo opiniões e lados.

  Essa série é inspirada em uma produção cinematográfica de 2001, de mesmo nome, e gira em torno de acontecimentos que ocorrem no Acampamento Firewood, enquanto é verão de 1981. Portanto, podemos esperar relações e sequências envolvendo o estilo hippie, sexo, drogas e rock’n’roll e boa parte das coisas que marcaram a época, como as vestimentas, o modo de falar, de agir, e por aí vai.
  Por se tratar de uma série da Netflix, é bem complicado não prestar atenção na boa direção, produção e fotografia (já é bem natural a qualidade altíssima da emissora nesses aspectos).
  Entretanto, Wet Hot American Summer: First Day of Camp em muito peca no roteiro, desliza no quesito de “prender o telespectador” e até mesmo nos diálogos, muitas vezes esquisitos e mal feitos.
  Com um dos piores pilotos da Summer Season, e um desenvolvimento lento, maçante e entediante, a série pode ser facilmente tida como desagradável. Mas aí que tá o grande feito da série: ela é muito mais do que aparenta. Verdade que não estamos falando de uma série com o mesmo pico, popularidade e qualidade das demais séries da Netflix, mas mesmo assim, We Hot ainda é uma série legal, que chega a ser cativante e divertida.
  Seguindo a linha de humor presente em Unbreakable Kimmy Schmidt ou em New Girl, We Hot mistura uma diversão sádica, beirando o besteirol americano visto em American Pie, com piadas ora forçadas, ora geniais, personagens malucos e absurdos, situações ridículas e improváveis e um acampamento mais louco ainda. Você pode ir das altas gargalhadas para as expressões de “sério isso?” em questão de segundos.
  A série também tem seus pontos fortes, podem acreditar. We Hot conta com um elenco INCRÍVEL, que deixa ainda mais fácil a conexão com a história, por mais que seja dura e complicada. Saquem só: Bradley Cooper (de Sniper Americano e d’O Lado bom da Vida), Elizabeth Banks (Effie, de Jogos Vorazes), Jayma Mays (Emma, de Glee), Amy Poehler (de Parks and Rrecreation) e muito mais.
  We Hot American Summer é uma série que realmente não é pra tanto, mas pode ser um vício. 
  Leitores Forever indica, sem dúvida alguma.

-Fabinho Rodrigues


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal