20 de abril de 2015

Resenha do Livro: Os Miseráveis + Crítica do filme

  Olá gente, como vão?
  Eu não tenho postado muito esses últimos dias porque minha vida tava uma bagunça heuheheuhe Tive semana de provas e meu pai fez uma cirurgia, então não consegui arranjar tempo para cuidar do blog. Mas, agora que tudo acalmou, vou voltar a postar regularmente para vocês :D
  Para começar, uma resenha fresquinha de Os miseráveis, clássico de Victor Hugo *-*

  Bem, eu "peguei" esse livro da tia do meu pai, que ia doá-lo para uma biblioteca. Sempre tinha visto (em grupos de leitores no Facebook) muitas pessoas falarem sobre esse livro, mas nunca tinha me interessado o suficiente para ir atrás de mais informações. Até que um dia, a oportunidade de lê-lo bateu na minha porta heuehee
  Essa versão que li é de 128 páginas, mas existem versões bem maiores e mais completas, como uma de mais de mil páginas, por xemplo. Há uma chance de, no futuro, eu comprar uma dessas edições e desfrutar mais ainda desse clássico maravilhoso.

Sinopse: Esta obra é uma poderosa denúncia a todos os tipos de injustiça humana. Narra a emocionante história de Jean Valjean — o homem que, por ter roubado um pão, é condenado a dezenove anos de prisão. Os miseráveis é um livro inquietantemente religioso e político.



 
  Bem, para começar, gostaria de dizer que essa edição que li foi adaptada por Walcyr Carrasco, e isso foi muito importante, já que, como a história foi publicada em 1862, acho que seria muito difícil para eu entender a linguagem daquela época. Falando nisso, não sei se as outras edições mais completas permaneceram com a linguagem original ou se também foram adaptadas. Outra coisa que gostei bastante foram as notas de rodapé, que trazem explicações claras e objetivas sobre alguns eventos históricos.
  A leitura é leve, a linguagem, como já disse, é simples, e o enredo é perfeito. Esses são detalhes muito importantes que possibilitam a leitura do livro por qualquer pessoa, desde uma criança até idoso heuheue.
  Durante a leitura, somos apresentados a diversos personagens, que, no final, têm uma conexão entre si. Como vocês puderam ver na sinopse, Victor Hugo encontrou uma forma de criticar sua sociedade francesa por meio de uma obra literária, que nos faz parar para refletir sobre como era o povo da França pós napoleônica (se não me engano, no momento em que se começa a história, Napoleão já tinha sido exilado e estava morto). 
  Os personagens são muito bem caracterizados, desde um simples jardineiro até a personagem principal, Jean Valjean ex-condenado das galés por ter roubado um pedaço de pão. Isso mesmo, dezenove anos preso por roubar um pedaço de pão. É aí que você percebe como Victor quis derrubar o véu de sua sociedade.
  Não posso falar muito sem revelar o que não deve ser exposto — já que esse livro é pequeninho, com apenas 128 páginas. Só posso acrescentar que não li o livro em um dia, e sim em quase uma semana, já que quis desfrutar ao máximo da leitura.
  Recomendo a todos que querem ler um clássico que é referência mundial eu acho, e que também anseiam por uma leitura diferente, de um ponto de vista crítico. Mas também a qualquer outra pessoa que queira uma boa história.

*

  Agora, falando sobre o filme Os Miseráveis, de 2013, dirigido por Tom Hooper e estrelado por maravilhosos atores a atrizes, como Hugh Jackman, Russell Crowe, Anne Hathaway e muitos outros gente do céu, que elenco dos deuses. Eu até que gostei, achei que foi até  fiel ao livro, mas gente, um musical de 2h30min não é para mim. Olha que eu gosto de musicais, mas aqueles que não demoram muito e que tenha uma quantia razoável de comunicação por fala, não canto. Só acho que eles deveriam ter diminuído um pouco a duração do filme e de cantoria também, já que o elenco não poderia ser melhor e, como já disse, eles não estragaram a história. Mas tudo bem.

  E aí, alguém já leu e/ou assistiu? Gostaram?
  Beijos :D

4 comentários:

  1. Estou louquinho para ver o filme! Já fiz o download e acho que amanhã vai dar certo rsrs

    Blog | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Felipe :)
      Tomara que você goste do filme mais do que eu heuheuhe
      Beijos *-*

      Excluir
  2. Tô com o livro aqui em casa para começar a ler :)
    Amei o filme, ele que despertou minha vontade de ler o livro!
    Bjos,
    Helena

    http://doslivrosumpouco.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que você amou o filme, tenho certeza que vai ficar obcecado pelo livro heuheuheuhe
      Beijos :D

      Excluir

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal