15 de fevereiro de 2015

Bloqueio de escrita

       
  O assunto de hoje é bloqueio de escrita, algo que me acomete bastante. Na verdade, nem sei se existe essa expressão, mas achei que bloqueio de escrita é a melhor forma de eu explicar o que sinto quando estou na frente de uma folha em branco e não consigo passar o que penso para o papel.

  Senti muito isso no ano passado antes do ENEM, pois essa foi uma época em que eu estava muito neurótica e preocupada se conseguiria fazer uma boa redação. Aí, toda vez que escolhia um novo tema para dissertar, já sentia a agonia tomar conta do meu corpo. Foi assim que escrever textos dissertativo-argumentativos se tornou um dos meus maiores pesadelos.

  Por vezes até quando começo a resenhar algo aqui no blog me sinto presa e as palavras insistem em não sair. Talvez um pouco disso se deva ao fato de eu ser muito exigente e sempre querer dar o melhor de mim, portanto, não descanso até ficar satisfeita com o que escrevi. Contudo, muitas vezes nada que produzo me parece bom, e isso acaba me fazendo desistir de escrever. Foi dessa forma que eu dei um fim a minha breve carreira de escritora de fanfics.


  A questão entre eu e as fanfics é a seguinte: eu criava um enredo que me parecia interessante, mas não me sentia capaz de formular os detalhes menores que dariam graça à trama. Assim, eu só pensava em como a fanfic poderia ser, mas não tinha coragem de começar a escrevê-la. Por exemplo, eu sempre pensei em escrever uma fanfic sobre uma potterhead que encontra uma chave de portal que a leva a Hogwarts. Lá ela teria que aprender a conviver com o mundo mágico e conheceria os personagens da saga Harry Potter. Essa seria a base, mas eu não consegui pensar em cada cena, em que rumo dar à história, como poderia concluí-la de uma forma adequada. Enfim, essa ideia não rendeu.

  Escrever acabou me passando uma enorme aflição e agora só estou me sentindo confortável resenhando ou escrevendo textos informais, como esse aqui. Mas sabe que às vezes penso que nem isso consigo fazer direito? Parece que nem nesse gênero as palavras fluem com naturalidade, ou melhor, com facilidade... Ah, chegamos ao ponto que me fez pensar em escrever sobre o assunto: a impressão da escrita com facilidade, que foi o que a Nilda, do blog Os nós da rede, comentou em um post que escrevi. Gente, como eu transpareço facilidade???  As palavras costumam me sair tão grotescas, rudes, arranhando minha garganta, querendo permanecer dentro de mim sem ser expostas ao mundo. De qualquer forma, fiquei contente com o elogio – pelo menos eu considerei um elogio , pois admiro quem escreve fluidamente. Aliás, me lembro de um crítico de patinação no gelo dizer que, por mais que seja difícil executar todos aqueles movimentos, a impressão causada deve ser de que aquilo é incrivelmente fácil e simples.

  Enfim, eu me questiono se vocês leitores especialmente aqueles que também são blogueiros – chegam a sentir tamanha agonia ao escrever? Daqui a alguns dias contando a partir de hoje, mas acho que esse post só vai sair mais tarde irei prestar um vestibular e, quando me dei conta de que terei que escrever uma redação, meu coração já queria saltar pela boca. Será que eu nunca mais vou conseguir superar esse bloqueio de escrita?

#ahbemsério, por SHE

33 comentários:

  1. Olaa
    Apesar de adorar e ter me acostumado tanto a escrever, as vezes me acontecem uns bloqueios também mas acho que é normal, acontece com todos, imagino eu haha
    Ótimo post

    Beijos
    Reality Of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que às vezes você também passa por isso :)
      E obrigada!

      Excluir
  2. Oi, Cris. Passei por isso ainda hoje ao escrever uma resenha haha Sentei para escrever e não tinha a mínima ideia de como começar. Depois de um tempão achei uma forma legal e a partir daí a coisa passou a fluir. Acho que esses começos são a pior parte. Depois de um tempo, quando você já pegou o ritmo, as palavras costumam sair naturalmente. Também sofro muito com isso quando vou escrever alguma matéria. Me formei em jornalismo, e às vezes, quando quero fugir do começo padrão das reportagens, preciso quebrar a cabeça para construir um início mais criativo e que chame a atenção. De qualquer forma, é como a Nilda disse. Quando lemos os seus textos, não imaginamos o que há por trás do seu processo criativo e que você teve bloqueios. Parece que o texto já estava ali, prontinho na sua cabeça. Não se preocupe quanto à redação. Pelo que tenho lido dos seus posts, os resultados finais sempre serão excelentes :) Beijos!

    www.viagensdepapel.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por dividir a sua experiência! O começo é sempre o pior, de certa forma. E quando queremos inovar, parece que é ainda mais complicado.

      Excluir
  3. Eu sempre me dei bem em redações até no enem meu pesadelo é matemática nunca passo por causa dela tenho até trauma :( kkkk há e amei o gif. http://vihpaula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me sinto bem ao contrário. Sou de exatas xD

      Excluir
  4. Eu tenho um forte bloqueio, sempre. Juntando com meu perfeccionismo, as vezes não vou lugar nenhum :\ Algo q faço é procurar um assunto legal ou conversar com alguem. Muitos dos posts do meu blog fiz conversando com amigos, namorada, etc. Quanto ao vestibular, vai com calma. Faz os tópicos do que voce pensa em falar e depois vai so juntando tudo. Enfim... Quem sou eu pra falar algo. Não consigo escrever no meu blog faz dias hashahashahsa Boa sorte.

    http://rotaseis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou bem como você, então! Agora já passei pelo vestibular, mas pretendo dar algumas dicas parecidas quando fizer um post sobre isso xD

      Excluir
  5. Será que esse bloqueio nunca vai passar? Jah passei por isso, Cris, e devo dizer que eh tão ruim quanto Ressaca Literária (e olha q disso eu entendo, hehehe...)

    Bjs, Juh

    naosepreocupecomisso.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, vou fazer uma maratona essa semana e acho que a ressaca vai passar.

      Excluir
  6. Olá Cris,
    Eu também costumo me sentir assim, muitas vezes tenho várias ideias, mas não consigo colocar no papel. Acho que quando paramos de nos obrigar, as palavras saem com mais facilidade.
    E eu sempre achei que você escreve muito bem!
    Beijos
    http://lovelyplacee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie, Cris
    Volta e meia eu tenho esse problema. Fico parada, olhando a folha em branco. E fico assustada, porque a folha não tem nada e não faço ideia do que escrever.
    E também costumo ter várias ideias pra livros, histórias que na minha cabeça parecem fantásticas, mas não sei como expressá-las em palavras.
    Eu estava pesquisando sobre como vencer esse bloqueio de escrita, e vi uma coisa que tem me ajudado.
    O cara aconselhou escrever um texto por dia. Qualquer texto. E você ia marcando no calendário os dias em que tinha feito uma redação.
    Não to seguindo a risca, um texto por dia. Mas acredito que já estou com uns 30 (comecei no inicio desse ano) e isso tem feito com que eu perca esse medo.
    tentei fazer algo parecido, quem sabe não te ajuda.
    Boa sorte na prova.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz isso no ano passado para treinar para a redação. Escrevia uma redação por semana - já era uma coisa, né? hehe
      Agora estou escrevendo mais para o blog, então também ajuda.

      Excluir
  8. Também já passei por esse negocio de bloqueio, é horrível, eu queria escrever e até começava a escrever mas chegava num ponto que me dava um branco e eu acabava apagando tudo.... ai eu ia fazer outras coisas e depois de um tempo eu voltava no texto que eu estava escrevendo e, finalmente, conseguia escrever alguma coisa.
    Beijos
    http://www.under-the-stair.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também costumava dar uma pausa quando escrevia redações.

      Excluir
  9. Eu te entendo :/ Também escrevo fanfics e estou com uma fic pela metade (detalhe que comecei a escrevê-la em Agosto do ano passado) e alguns contos para começar a escrever. Eu sempre faço um roteiro para não me perder, tanto para as fics quanto para o blog. Nele eu destaco os pontos mais importantes e isso me ajuda a não ficar tão perdida, por mais que eu tenha ideias, mas muitas vezes eu fico sem saber o que escrever.
    Tipo, eu sei o que escrever mas não sei como. E o pior de tudo é que eu tenho varias ideias quando estou longe do pc e quando estou aqui, pronta para escrever, apenas sinto um branco. Isso é muito chato, né? É bem mais fácil falarmos sobre um assunto que a gente domina porque assim tudo parece mais simples do que sair da nossa ''zona de conforto'' para tentar criar algo. Mas creio que isso seja consequência das preocupações e correria do dia a dia. A gente acaba se desgastando com outras coisas e acaba não sobrando ideias na hora de escrever. Eu acho que é algo mais ou menos assim e creio que isso tudo seja passageiro.
    Mas infelizmente isso faz parte :( Acontece até com os melhores escritores e você pode ter certeza que quando as ideias surgirem, elas virão á todo vapor.
    Beijinhos.
    http://ressacamusiliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por dividir a tua experiência, Vitória!
      Sabe que eu encontro muita dificuldade para falar sobre algo que gosto muito, mesmo que domine? É complicado para mim expor todo meu amor por algo.

      Excluir
    2. Sei como é. Há momentos em que a gente encontra dificuldade até para falar sobre os assuntos que a gente domina com mais facilidade.
      Mas torço pra que essa ''fase ruim'' passe. Você escreve muito bem.

      Excluir
  10. Oi, Cris!
    Acho que você não precisa temer ou ficar ansiosa com a falta de inspiração no momento de escrever e que você chama aqui, de "bloqueio de escrita".
    Isso acontece, sim! Principalmente, nos momentos em que mais precisamos, as palavras fogem e não conseguimos colocá-las no papel.
    Só acho que no seu caso, embora eu não a conheça, você já tenha a resposta.
    Não se cobre tanto, Cris! Você escreve muito bem!!!
    Deixe fluir naturalmente ...

    Beijos!
    http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! As pessoas costumam mesmo falar que me cobro demais.

      Excluir
  11. oi, tudo bem?
    Esse bloqueio é comum mesmo. Semana passada estava em um bem chato, fiquei umas duas semanas sem conseguir resenhar nada. Ainda bem que já tinha umas duas resenhas prontas, faltando só revisar. Joguei uma em cada semana e enchi o blog de divulgações e notícias, kkkkk
    Acho que isso acontece devido a pressão, quando escrever algo deixar de ser por prazer, e vira obrigação. Por isso que quando estou assim, não me forço, deixo a vontade voltar.
    Boa sorte no vestibular, talvez isso seja o motivo da sua pressão aqui no blog.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHA eu também costumo deixar algumas resenhas prontos. É bem mais prático e seguro para o blog, né? hehe
      Obrigada!

      Excluir
  12. Oi Cris, tudo bem?
    Escrever não é facil mesmo, falo por isso porque me policio no blog e também na minha profissão, pois a escrita é central para mim, sou Historiadora. Mas a escrita também é treino, creio que não basta saber todas as regras gramaticais ou estar sempre inspirada se não há prática. Por esse texto seu que li, eu gostei bastante da forma como você expõe suas ideias, continue treinando a escrita que a segurança ao escrever vai surgir. Também estou seguindo o seu blog, bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Acho que praticar bastante é o jeito mesmo, né? Até em Exatas quanto mais exercícios fazemos melhores nos tornamos.

      Excluir
  13. Oii, tudo bem?
    Às vezes acontece comigo, mas não é sempre, são fases.
    No meu caso eu sei que é pelo estresse e nos últimos dias resolvi ter crises de enxaqueca...terrível...
    Boa sorte no vestibular!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oii.
    Também tenho esse probleminha kkk, mas minha dificuldade não é tento em passar as ideias para o papel mas sim digitá-las no computador. Não que eu seja péssima de digitação, mas posso ter a ideia completa na minha cabeça do que vou escrever e quando eu começo a digitar parece que tudo some.
    Isso é um saco quando tenho que fazer um trabalho para a faculdade ou escrever algo no blog, sempre tenho que escrever tudo em um papel antes para depois passar para o computador.
    Meu sonho é escrever um livro, tenho muitas ideias e historias praticamente completas na minha mente mas o duro é a hora de digitar que elas meio que some.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu acho bem mais fácil digitar. Aí se você quer alterar um parte, é só apagar e pronto. Não fica cheio de flechas e partes voando, como costuma acontecer quando eu escrevo no papel.

      Excluir
  15. Oi Cris. Td bem?
    Isso acontece muito comigo. Até mesmo para escrever um resenha tem dias que meu cérebro não funciona, sei lá, acho que sou muito insegura em escrever e acaba não conseguindo organizar os pensamentos e por no papel. Por isso até hoje não quis tentar escrever um livro, pois apesar de ter vontade não acho que eu tenha jeito para a coisa... kkkk

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me sinto da mesma forma que você! Insegurança é um mal terrível.

      Excluir
  16. Oie, Cris.
    Eu sei como você se sente. Estou com um livro na gaveta há uns bons dois anos. Não consigo sair do capítulo dois, mesmo que todos que leem digam que está maravilhoso, que eu deveria continuar, que a ideia é inovadora, que não posso desistir. Bloqueio criativo... Não é nem de ideia em si - vivo tendo montes delas -, mas a falta de ânimo para passar ao papel. De vez em quando tenho uns momentos de "é hoje! vou escrever!", mas logo passa. Uma pena, porque eu realmente gosto da história que escrevi para Nova Millennia Me Livrando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, gostaria de ver esses dois capítulos. Fiquei curiosa!
      Acho que o ânimo também é uma coisa que me impede de escrever um livro. Não acho que teria vontade de me dedicar a isso por muito tempo.

      Excluir

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal