3 de fevereiro de 2015

A grandiosidade do Universo

  Hoje é o dia perfeito para eu escrever sobre o tamanho absurdamente grande do Universo e refletir sobre esse assunto. Isso porque acabei de tomar contato com essa questão pela segunda vez nas últimas 5 horas, e por pura coincidência, diga-se de passagem.


  Estava assistindo ao primeiro episódio daquela série Cosmos, que, para quem não sabe, é um programa que fala um pouco sobre Ciência. Nesse episódio, em um momento o apresentador discute sobre o tamanho que o Universo pode ter. Com um jogo de imagens assombroso, começando com o planeta Terra, o ambiente vai sendo expandido para o Sistema Solar, seguido pela Via Láctea e em muitos outros graus, até chegarmos ao nosso Universo visível, mas ainda assim apenas aquele que a luz, mesmo com sua velocidade sem igual, conseguiu percorrer até hoje e nos mostrar.
  Até aí já nos sentimos extremamente pequenos em comparação ao Universo. Contudo, mais uma vez ficamos chocados ao saber dos Multiversos, uma teoria que dita a existência de vários Universos. Para se ter noção da dimensão de tudo isso, o programa compara cada um desses universos a uma gota d’água e o todo a uma cachoeira gigantesca. Bem grande, não é?


  Esse é um vídeo que encontrei no YouTube e te dá uma noção do tamanho do Universo em comparação com a Terra. Não é o mesmo que vi na série (não encontrei aquele), mas também vale a pena assisti-lo


.
O Universo, como já foi dito anteriormente, é um lugar desconcertantemente grande, um fato que, para continuar levando uma vida tranquila, a maioria das pessoas tende a ignorar. – Página 53
  Já algumas horas mais tarde, eu estava lendo O restaurante no fim do Universo, de Douglas Adams. Por volta do capítulo dez, o personagem Zaphod Beeblebrox seria exposto a uma noção terrível, com capacidade de destruir sua alma. O alarde a essa experiência é enorme, pois trata-se do Vórtice de Perspectiva Total, sendo que a vítima dele teria a visão do quão pequena é em comparação com o Universo.
O Universo – disse Gargravarr –, toda a infinitude do Universo reunida. Infinitos sóis, infinitas distâncias entre eles, e você, um pontinho invisível sobre outro pontinho invisível, infinitamente pequeno. – Página 56
  Essa experiência no Vórtice de Perspectiva Total me lembrou muito o trecho de Cosmos que eu citei antes e, enquanto lia, a visão retornou a minha mente com toda a força e eu fiquei estarrecida. Portanto, achei que seria interessante falar aqui no blog sobre o impacto que me causou pensar na nossa insignificância perante a grandeza da Vida.
  Eu me pergunto: qual será nossa função aqui na Terra? Será que há vida espalhada por aí? Eu me sinto tentada a achar que sim, afinal, por que será que apenas nós teríamos a sorte e oportunidade de viver? Como cristã, eu acredito em um propósito maior. A questão é encontrá-lo.
  Enfim, quanto mais penso sobre isso, mais acho que é tudo uma grande loucura.


#ahbemsério, por SHE

44 comentários:

  1. Achei seu post muito interessante! É incrível e assustador ao mesmo tempo pensar no nosso tamanho em relação a todo o universo. Infelizmente, acredito que nunca seremos capazes de descobrir tudo o que nos cerca, considerando sua dimensão infinita. Não consigo pensar que somos os únicos deste meio gigantesco a termos vida. Se outros seres vivos entram em contato conosco é outra história, mas em vida eu acredito de olhos fechados! HAHAHA De qualquer jeito, espero que um dia a ciência avance de modo a poder nos mostrar coisas incríveis que certamente esperam por serem descobertas planeta afora.

    Beijosss
    http://bookspoison.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo bastante com teu comentário. Essa infinidade é bem perturbadora, e não acreditar em vida fora da Terra me parece um baita egoísmo. Às vezes eu me pergunto sobre o que mais a ciência vai descobrir e deve ser algo do tipo, mesmo. Sou muito curiosa por essa área.

      Excluir
  2. bem interessante seu texto, as vezes com a correria do dia, não paramos para pensar no assunto, vou pesquisar e assistir essa série cosmos, adorei o post,
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do post e se fosse realmente assistir Cosmos não irá se arrepender, é uma ótima série!

      Excluir
  3. Olá, realmente o tamanho do universo chega me assustar um pouquinho. Acho que é pelo fato de não sermos tão acostumadas com a questão do infinito.
    Também sou cristã, mas acredito sim que tem vidas espalhadas por aí...
    Beijos

    http://lovelyplacee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! E também acho que o fator de crermos em Deus não impede em nada pensarmos sobre isso e a existência de vida fora daqui.

      Excluir
  4. Eu sempre fico me perguntando sobre isso: Qual é o tamanho do universo? É tudo tão lindo, tão grande e inexplorado. Gostei do texto :)

    primaverei.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado e de saber que você também pensa sobre o assunto.

      Excluir
  5. Também sou muito curiosa, adoro pesquisar sobre o universo toda essa grandiosidade me fascina, gosto de estar informadas sobre as teorias mas o universo,a evolução,surgimento tudo isso ainda é um grande mistério para nós.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei de saber que você também gosta do assunto!

      Excluir
  6. Oi Cris, eu ao mesmo tempo que fico maravilhada com a grandiosidade do nosso universo, não consigo controlar o medo que sinto também. Como uma frase que ouvi uma vez " Os homens temem o que não conhecem." e ao mesmo tempo que acredito nisso, também não acredito. Eu também sou cristã, então creio que tudo o que somos e tudo que existe foi criado por Deus, e cada vez que vejo coisas como essas e encaro essas grandiosidades maravilhosas e tenebrosas aumenta minha certeza, afinal, como uma explosão criaria isso ? Criaria essa beleza? Essa complexidade?
    Beijos
    http://cheireiumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei ler teu comentário e descobri que pensamos de forma parecida. A existência é algo tão maravilhoso e belo que me faz concordar ainda mais com o fato de que isso foi criado propositalmente por Deus.
      :)

      Excluir
  7. Oi Cris :) Também já me peguei pensando nesse assunto e o resultado foi o mesmo que o seu, fiquei estarrecida! Se a gente for parar pra pensar acho que acaba enlouquecendo como esses cientistas malucos citados nos livros, o melhor mesmo é permanecer na ignorância às vezes. Enfim, eu gosto de pensar que podem existir milhões de outros planetas e provavelmente vida neles, mas evito imaginar o que aconteceria se houvesse por exemplo um encontro repentino entre esses mundos kkk
    Abraços

    http://www.dezenoveprimaveras.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, com a Luana disse, a gente acaba temendo esse desconhecido e acaba deixando de pensar sobre isso. Eu não penso sempre, mas de vez em quando gosto de parar e me dar conta do quão insignificante sou.

      Excluir
  8. Olá! O universo sem duvidas é algo curioso, as vezes fico olhando para as estrelas e tento adivinhar o quão está distante, mas é como você fala é impensável saber a grandiosidade. Sera que tem um fim? E vidas em outros planetas? Enfim, são incógnitas que ainda precisam ser resolvidas.

    Beijos!!
    http://anerdologia.blogspot.com.br/
    Já estou seguindo o blog....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa forma de refletir esse seu hábito de olhar as estrelas. As questões que nos surgem são complicadas, mas acho que vale a pena pensar sobre isso.

      Excluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu nunca vi esse programa Cosmos, mas fiquei curiosa depois de ler o post, pois deve falar sobre várias coisas interessantes. O Universo realmente deve ser imenso, não dá nem para imaginar direito o tamanho dele, chega a ser assustador, pois no meio deles parecemos formiguinhas, ou melhor, algo bem menor kkkk Enfim, achei o post super bacana e diferente o/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do post e se interessado pelo programa. Vale a pena assisti-lo.

      Excluir
  10. Às vezes essas perguntas também passam pela minha cabeça, mas não gosto de pensar por muito tempo se não fico com paranoia. Não conhecia a série Cosmos, vou dar uma olhada!
    Preciso voltar a ler O Guia do Mochileiro das Galáxias.

    Beijão
    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Essas paranoias são uma loucura mesmo, não é? Assistir Doctor Who também me influenciou em relação a essa coisa de vida em outros planetas. O Doctor precisa existir!!! hehe

      Excluir
  11. Eu acredito bastante na ciência. Sou uma seguidora do judaísmo, e o judaísmo tem uma certa crença, se posso assim dizer : a ciência é verdadeira e quem a criou foi o Eterno.
    Eu concordo com isso. Olha só o universo, como é grandioso e belo Então astrônomos e físicos estudam movimentos de planetas, o cosmos,etc. Pra mim, é mais que óbvio que tudo isso não surgiu do nada, existe umCriador que criou tudo isso.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabia que você era judaica; não sou muito informada sobre essa religião, mas gostaria de saber mais sobre ela.
      Encarar a beleza e complexidade do Universo como obra de um Criador é uma incrível forma de lidar com o mundo.

      Excluir
  12. Oii, tudo bem?
    O Douglas Adams foi genial ao escrever a série...
    E se formos parar para pensar no assunto, é realmente uma loucura, tanta coisa desconhecida...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas Adams é incrível, estou adorando voltar a ler a série. Ele nos faz pensar em tanta coisa interessante e refletir sobre isso.

      Excluir
    2. Li a primeira vez quanto tinha 16 anos, reli faz uns 6 anos, e em breve pretendo reler!

      Excluir
  13. De vez em quando paro pra pensar nisso e realmente não dá pra imaginar que com esse tamanho do universo só haja vida na Terra. Não importando se seja vida inteligente, vida microscópica, vida como a gente nem consegue imaginar.
    Fora que parar em uma noite estrelada (fora das cidades grandes, claro), deitar no mato e ficar olhando o céu dá uma paz incrível!

    Samara - Infinitos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Considero até um certo egoísmo pensar que só há vida no nosso planeta. Aqui onde moro é mais interior e há uma bela visão das estrelas.

      Excluir
  14. Oi. Adorei o Post, é um assunto realmente interessante.
    Hoje mesmo tive aula de Ética na faculdade e o professor questionou esses assuntos. Qual o nosso propósito na terra? Deus existe? etc... fiquei bem pensativa depois dessa aula hehehe
    Eu não acho que seja loucura certas coisa, acho que são pontos de vista e cada um tem o seu e se deve respeitar ao próximo, eu particularmente acredito sim em extraterrestres, não em algumas histórias que são contadas por aí, até porque moro em uma cidade famosa por ter surgido boatos de ets em um bairro, e não faço a mínima ideia se é verdade ou apenas uma forma de atrair turistas. Mas eu creio que não estamos sozinhos na imensidão do universo.

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostava bastante dessas aulas filosóficas, só que não sei se ainda as terei, porque começo a faculdade esse ano e é uma área de Exatas. É uma pena :(
      Esse detalhe de ETs pode mesmo ser por questão de publicidade, mas sabe que nunca tinha realmente chegado a essa conclusão? Você acabou me mostrando um ponto de vista diferente. O Douglas Adams também chega a falar que esses ETs que se mostram aos humanos seriam "adolescentes rebeldes extraterrestres", mas com tão irônico, é claro.

      Excluir
  15. Eu não conhecia a série, mas com certeza vou dar uma olhada, depois do seu post fiquei curiosa...

    beijos
    colecionando livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ótima série, te ensina muito.

      Excluir
  16. Oie, Cris.
    Adoro o assunto, mas nunca me aprofundei nele. Por isso preciso comprar O Universo Numa Casca de Noz (acho que é assim o título), ler todos os livros d'O Guia (porque eu realmente tenho aqui, mas nunca li) e assistir a essa série Cosmos. Ela está passando em algum canal ou você tem baixado? Os vídeos do Neil DeGrasse Tyson também são ótimos, já conferiu? O cara é astrofísico e cosmologista, um dos mais geniais que já vi.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou vendo na internet mesmo.Ano passado uma amiga minha disse que gostava da série e meu professor a trouxe em sala de aula, foi assim que a conheci. Vou procurar os vídeos desse cara, obrigada pela dica.

      Excluir
    2. Ah, acabei de ver, esse Neil é o apresentador de Cosmos :)

      Excluir
  17. Sempre gostei de assuntos assim sobre o universo, acho tão perfeito e curioso com várias perguntas na minha mente a respeito, amei o post. Bjão!

    http://vihpaula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo saber que mais pessoas refletem sobre o assunto.

      Excluir
  18. Olá amore, achei bem interessante o post e o seu pensamento. Impossível não falar no universo, terra e não pegar pensando no tão grande ele é. E amei citar a série O Guia dos Mochileiros da Galáxia, realmente é um espetáculo. O autor é muito foda!
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Douglas Adams nos incentiva mesmo a ter essas ideias e reflexões doidas :)

      Excluir
  19. Olá, Cris!

    Pois é, o atual conhecimento científico do Universo diz que o tamanho do mesmo é imenso, o que impossibilita o cálculo, pois ainda não se sabe ao certo os seus limites, e essa mesma grandiosidade faz com que o mesmo seja considerado infinito.
    Infinito, grandioso, imensurável, misterioso, mágico, lindo..., mas acima de tudo, "perfeito"!
    Um post bastante reflexivo, hein?

    Beijos!
    http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nós ainda temos a sorte de viver nessa beleza <3

      Excluir
  20. Oiee, tudo bom? (:
    Nossa, que postagem interessante! Eu não conhecia esse vídeo, mas adorei por conta de nos mostrar tantas informações a respeito sobre o universo que chega até a ser um espanto por conta de todo o seu tamanho e esses efeitos no filme foram tão, NOSSAAAA(rs). E ah, não conhecia a série que você mencionou, mas estou dando uma pesquisada aqui e já que obviamente fala sobre o universo, já quero assistir hahaa. Adorei demais a postagem ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo saber que você se identifica com esse tema!

      Excluir
  21. Sei lá, eu acho que tudo nessa vida tem um propósito e nada é como pensamos ser. Eu gosto de formular teorias malucas para explicar tudo (a Vida, Deus, Natureza etc). Fico imaginando se nós, seres humanos, não sejamos apenas marionetes. É desconcertante pensarmos que não temos controle sobre nossa vida, mas é assim que as coisas são.

    Ah, Cris, eu curti tanto seu post. Por um momento me dei conta do quanto sou pequena, perante a tudo.

    Beijos,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do post, Karina :)
      Essa coisa de sermos como marionetes que você citou acabou me lembrando muito O Mundo de Sofia...

      Excluir

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal