16 de janeiro de 2015

Resenha da Série: The 100


  A base da história de The 100 é que, após uma guerra nuclear na Terra, os humanos sobreviventes fogem para o Espaço e vivem por quase um século em uma nave, a Arca. Mas depois de todo esse tempo, os recursos para manter a população viva tornam-se escassos, portanto eles precisam encontrar uma forma de lidar com isso. É aí que entram os 100 jovens criminosos que dão nome à série; os líderes da Arca optam por mandá-los de volta a Terra para conferir se ela já está habitável novamente, e para poupar as reservas de oxigênio da nave. É sobre esse retorno ao planeta que a série se foca.

  Quando vi a sinopse de The 100 (se fala “The Hundred”) achei que essa era uma série que merecia minha atenção. Então, fui toda pimpona assistir. Minha primeira impressão foi de completo encantamento: estava adorando tudo, os personagens, a trilha sonora, os locais... Enfim, acabei criando expectativas enormes a partir daí.

  Foi então que a coisa começou a desandar.

  Ao longo da primeira temporada, há uma presença marcante de casais românticos, triângulos amorosos, friendzones... Um completo show adolescente – nada de mais, já que eles são mesmo adolescentes. Só que aquilo me lembrou muito a Malhação, da Globo. Gente, com tanta coisa importante acontecendo – a necessidade de sobreviver na Terra, se comunicar com o restante da Arca, se defender das ameaças internas ao grupo e principalmente das externas – achei o romance exagerado demais. Mesmo assim, aquilo foi uma das coisas mais carismáticas da série. 

  Como são 100 jovens, não teria como todos serem apresentados, então há um claro grupo de protagonistas. Porém, para causar um impacto, os diretores parece que quiseram dar uma de George Martin e matar vários personagens, mas como eles mal foram introduzidos, eu não pude sentir muito pela morte deles. Portanto, achei que esse recurso não foi muito bem utilizado.


  Há mais coisas que eu gostaria de criticar: muitos aspectos promissores não foram trabalhados. É o caso do que causou a devastação da Terra; como viviam os moradores da Arca, se trabalhavam, se divertiam-se, eram felizes ou não; a maneira como os 100 se organizavam na divisão das tarefas... Outra coisa que eu achei absurda foi o fato de filhos dos líderes – em especial, o filho do Chanceler – terem sido enviados para a Terra. Por que razão os poderosos iriam deixar seus filhos enfrentar tal perigo e a morte quase certa se não sabiam se o planeta era seguro e livre de radiação??? Capaz que eles não conseguiriam salvar os filhos daquilo. Enfim, eu passei a encontrar inúmeros problemas para a série e não consigo parar de reclamar dela. 

  Apesar de tudo, The 100 tem vários aspectos positivos que me fizeram continuar a assisti-la. Achei muito bom que tenham usado jovens criminosos para representar os “mocinhos”; ao meu ver, isso alivia a ideia de que criminosos são todos terríveis e merecem a morte, sem contar a questão da redução da maioridade penal. Digo isso porque lá na Arca, se você comete um crime, é logo executado, exceto se for menor de idade. Então acho que isso traz a reflexão sobre essa dureza nas leis; não que eu ache que elas não devam ser rígidas, mas sim que não devam ser irreversíveis. Afinal, como disse Gandalf:
Muitos que vivem merecem a morte. E alguns que morrem merecem viver. Você pode dar-lhes a vida? Então não seja tão ávido para julgar e condenar alguém a morte. Pois mesmo os muitos sábios não conseguem ver os dois lados.
  Talvez eu tenha pintado demais a intenção de transmitir essa mensagem, mas essa ideia foi algo que eu gostaria de fazer você pensar, caso ainda não tenha feito. 

  Para concluir, eu não indico essa série para todo mundo. O público dela é mais adolescente, mas se você gosta de shippar casais, também pode gostar. Como até agora são uma temporada e meia (13 episódios na primeira e, até agora, 8 na segunda), não é algo que você irá perder muito tempo em assistir. Então dê uma conferida! Só não crie expectativas muito grandes.


Gosto muito desse poster; repare no detalhe das pessoas caindo.
#ahbemsério, por SHE

29 comentários:

  1. Oii!
    Eu assisti o primeiro e segundo episódios da série e gostei muito, mas por algum motivo acabei não acompanhando. Eu até gosto de series meio adolescente, mas por algum motivo essa não me deixou louca para acompanhar.
    Gostei muito do seu blog e dos posts.

    As Chatas de Galocha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo que você não tenha se interessado em continuar vendo a série, eu até fiquei meio assim, mas na segunda temporada. Obrigada!

      Excluir
  2. Cris, eu queria falar loucamente sobre aquele final da segunda mortal ( literalmente ) e pelo seu texto não deu pra saber se vc já viu tudo até o final ou não. Eu preciso falar sobre aquele final urgente!!!!!!!!!!!!!!!

    PS: Você leu o livro da série??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi todos os episódios disponíveis, mas ainda não li o livro. Pode falar comigo! Também fiquei de cara com aquele final.

      Excluir
  3. Ótima resenha, muito bem detalhada. Confesso que nunca ouvi falar nessa série e não conheço ninguém que já tenha visto.
    O contexto me parece muito interessante, mas é uma pena que a série pareça ter tantas falhas. Quem sabe vá melhorando ao decorrer das temporadas. Fiquei curiosa em assistir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Mas sabe que eu gostei mais da primeira temporada do que da segunda? Então acho que não tenho muitas expectativas de que melhore com o tempo.

      Excluir
  4. Apenas li o livro e achei que deixou um pouquinho a desejar. Na obra faltou ação, ficou tudo muito parado. E no livro explica tudo isso que você tem dúvida. Então estou começando a achar que a série e o livro são quase complementares.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de janeiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez eu realmente precise ler o livro para compreender melhor a história.

      Excluir
  5. Eu concordo, acho que na primeira temporada focam-se muito no romance e tal mas dizem que a segunda tem muito mais ação (eu por acaso ainda não assisti).
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que eu achei a segunda temporada monótona, apesar de ter um pouco de ação. Sei lá, talvez a série simplesmente não seja para mim.

      Excluir
  6. Oii, tudo bem?
    Eu gosto muito de séries, mas essa coisa de terra devastada e tal não curto muito...
    Essa não é uma série que tenho vontade de assistir...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, Cris. Então, acho que até os líderes deixaram os seus filhos irem para a Nova Terra porque não tinham escolha. Por que os filhos das outras pessoas podiam ir e o deles não? Acho que causaria uma grande briga dentro da nave e obviamente, seria muito injusto. Eu gosto bastante da série, mas como você disse, tem alguns aspectos negativos, mas com certeza os positivos cobrem isso tudo!
    Beijo,
    Pacto Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por expor sua opinião sobre os filhos dos "importantes" irem para a Terra. Eu concordo que seria injusto se eles não fossem, mas como estamos acostumados a um mundo injusto, o justo é que acaba parecendo estranho.

      Excluir
  8. Oi querida.
    Essa série ta bem famosa até haha
    Eu nunca me interessei, na verdade.
    Eu sou a louca das séries, vejo os primeiros episódios de muitas, gosto, mas não acompanho haha. Mas gosto de conhecer, sabe? Mesmo que não vá acompanhar.
    Tem uma ótima premissa, mas como você disse que eles focam muito no romance perdi qualquer interesse :( ainda mais que lembra Malhação! Pra mim não tem coisa mais chata e mais mimizenta que malhação. Em suma: Ver essa série está fora de cogitação haha
    Aproveitando o assunto: estou acompanhando uma série maravilhosa, chama-se Orange is the new black, estou me sentindo na obrigação de tentar convencer todos à assisti-la kk eu preciso de alguém pra conversar sobre ela, gente.
    É maravilhosa, elenco maravilhoso, comédia e drama, sabe? AI, VEJA QUANDO PUDER, FLOR.
    deixa eu parar de falar sobre OITNB, se não vou fazer uma resenha nesse comentário kkkk
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eeheheu obrigada pela dica da série. A ALine - dona do blog - já falou dela aqui, mas eu não cheguei a pensar em realmente assisti-la. Mas agora me sinto obrigada a ver alguns episódios, o que é bom, já que estou terminando de ver The Big Bang Theory e procuro uma outra série com humor.

      Excluir
  9. Se eu falar que nunca assisti uma série vc vai me achar um ET?
    Pois é, nunca assisti nem Friends e não tenho a menor vontade. Algumas outras já me interessaram, como Sherlock e, principalmente, Dr. Who. Essa última eu até arrumei com meu cunhado, mas sabe quando falta aquela motivação para começar? Pq eu tenho certeza que vou amar! Não sei pq não paro de enrolar!!
    Essa aí me lembrou muito o desenho Wall-E! Acho que não assistiria não, mas para os "série-maníacos" acho que pode ser legal! :)

    Beijos,
    Samara - Infinitos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GENTE, eu estou vendo Doctor Who nesse exato momento. E sou uma grande Sherlockian, amo a série demais e vivo falando sobre Sherlock aqui no blog. Enfim, ficar interessada é o primeiro passar para se tornar uma sériemaníaca!

      Excluir
  10. Olá Cris.
    Eu tenho curiosidade de assistir essa série, mas só se eu ver passando em algum canal da tv, pq eu não animo de alugar, comprar, ou baixar os episódios. Mas a história parece ser bacana e tem potencial, e eu gosto de shippar casais mas não tanto, prefiro um romance de leve, sem exageros.. :)

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. A resenha está ótima mesmo, muito bem trabalhada e detalhada. Não acompanho a série mas deu até vontade de vê-la, haha! E estou carente de séries, esperando a nova temporada de Orange is The New Black!
    Beijo, blog seguido e curtido!

    http://porumlivronavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Cris, estou te devendo uma tag a responder.
    Bem eu baixei o primerio episódio e ainda não asssit, a premissa é legal, mas a maioria das séries hoje em dia só tem romance, triângulo e tantas frescuras que não tem um foco em si apenas pedaços que forma uma série, posso dizer que esta não vai pra minha lista de DEVO assistir, as únicas que continuam fiéis pra mim são SHERLOCK (Que não é novidade), Teen Wolf e minha nova queridinha Stalker tomara que esta ultima não me decepcione assim como Salém o fez, bem espero ver mais sobre as outras séries que assiste, bem que podiamos fazer uma tag Sherlock, que tal?
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma tag Sherlock parece incrível! Vamos conversar sobre isso mesmo!

      Excluir
  13. Oiee Cris, tudo bom??
    Realmente, essa série está dando o que falar. Muita gente ficou meio com uma opinião 'divida' do livro, uns dizem que é bom outros dizem que é ruim, mesmo assim fico com uma extrema curiosidade para me aventurar na história. Waaaa, essa é a primeira resenha que leio sobre a série, que bom que é mais para o publico juvenil, mesmo não gostando de shippar casais vou ver se assisto :) Um ponto negativo do que não gostei foi por causa desse romance exagerado como você falou e também não gosto muito de assistir malhação (rs). Vou ver se dou uma oportunidade para série, ótima postagem =)

    Beijos!
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Cris!!!!!!!!!! Além do final mortal, que agora já saiu no face oficial da séries uns videos novos do Finn abrindo os olhos e meu mundo virou de ponta cabeça não to entendendo mais nada. Eu sou mega fã do casal Bellamy e Clarke kkk todos são contra, mais eles são mega guerreiros juntos, e são ótimos trabalhando juntos. Eu era apaixonado pela Ânia a terra firme lider ( não sei escrever o nome dela ). Todas as brigas infinitas com a clarke me tiravam do sério. ela sempre será a lider dos terras firmes eu amo ela. Adoro também o Lincon e a Octavia ela é muito gata mesmo suja e cheia de barro e sangue kkk o amor dos dois é perfeito. Aff desabafei horrores agora. Quinta feira vou correr pra assistir o episódio novo e não faço idéia do que vai acontecer.

    PS: Respondi suas questões sobre a tag lá no blog . Abraços # Guto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que o Finn está vivo???? Por essa eu não esperava. Eu já estava super achando que ele morreu no fim da primeira temporada...
      Eu gosto bastante de Bellarke, mas confesso que no começo também shippava Finnarke (ou sei lá o nome desse ship), mas quando a namorada do Finn chegou na Terra eu me irritei muito com ele. Bellarke é vida, mas acho que os diretores da série podiam investir mais nesse ship, porque a impressão que me passa é que eles só querem saber de Finn pra lá e pra cá. Espero que a partir de agora isso mude.
      Acho legal que a Octavia e o Lincoln fiquem juntos, é meio que uma forma de unir os terra-firmes e os dos espaço, não acha? Sabe que no começo eu não gostava muito da Octavia, mas depois de apresentarem a história dela eu passei a entender seu comportamento e relevar. Enfim, espero que as coisas se resolval.
      Apesar de eu ter criticado bastante a série no post, eu tenho um certo carinho por ela. Sabe aquele carinho de você gostar dos personagens e ficar procurando pelos atores no google? É isso.

      Eu já tinha visto a sua resposta no blog, e agradeço por esclarecer minhas dúvidas!

      Excluir
  15. Olá!

    Tinha ouvido falar da série, mas não me deu nenhuma vontade de assistir, e depois da sua review, menos ainda. haushauhsuausa
    Eu gosto de temáticas distópicas e de ficção cientifica, mas essa daí me pareceu mais coisa de adolescentes do que sci-fi. Aliás, se gosta de ficção científica, te indico Defiance, um seriado muito bom.

    Beijos
    http://coolturenews.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Cris, fique procurando aqui uma postagem que tu tinha feito, mas vi que tens colaboradoras né? Queria conhecer mais você, gostei do comentário que você fez no meu blog, geralmente as pessoas não fazem esse tipo de argumento, as vezes nem leem. Mas agora vamos falar sobre sua postagem, eu gostei muito da sua escrita, você disse os pontos negativos e positivos, as vezes eu peco em falar os negativos, não consigo as vezes, sobre a série eu não gostei pelo oque você falou, eu não vejo muitas sérias sabe? Sou mais voltada ao anime! Única série que acompanho é The Vampire Diaries, mas quem sabe não me interesso por outra série que você falou/ou vai falar aqui no blog!
    Beijos, leet.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, agora é a minha vez de ficar feliz com teu comentário :)
      Seria uma honra ti influenciar a assistir algumas séries.

      Excluir
  17. Cris, é muito loko porque o Finn não existe nos livros da série ele foi criado estritamente para a TV. Quando ele morreu eu entendi que eles já tinham isso em mente quando criarão o personagem. Eu fiquei de luto por uma semana kkk. :((

    Você disse que não tinha lido o primeiro livro da série, nem faça questão viu, porque é bem chatinho ( é porque eu curto esse " mundo " da série ) mas fora isso o livro não chega aos pés da série. Falta dois dias para o episódio novo e minha cabeça vai explodir kkkk Abraçãoooooooo não se esqueça de assistir pra sabermos se o Finn morreu mesmo..

    ResponderExcluir
  18. Eu adoro essa série também... Nossa muito boa...

    Att,
    Natana
    Colecionando Livros

    ResponderExcluir

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal