15 de agosto de 2014

Poesia: Borboleta Menina



Sou Borboleta Menina 
Entre bonecas e diários eu vou 
Pousando de flor em flor 
Sou Borboleta Menina 
Procurando perigo 
Sem saber o que é a dor
Então te vi 
Pousei em teus abraços 
Cai no teu laço embaraço 
Tornei-me Borboleta Mulher 
Sou Borboleta Mulher 
Na plenitude de sentimentos vivi 
No mais alto céu voei 
Para depois cair 
No meio de dores e lágrimas, 
Tristeza e cansaço 
No abandono me vi 
Sou Borboleta Ferida 
Que mais me falta ter na vida? 
Nada, minha amiga, 
Só lhe falta morrer.

Por: Jackelline Costa

2 comentários:

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal