23 de julho de 2014

Poesia: Estações

 Dias triste estou vivendo, 
(Longe de ti) 
É chegada a hora de partir,
(Para perto de ti) 
Muitas vezes disse o que sinto, 
(Por você, em frente ao espelho) 

Triste por você está longe, 
Assim são meus dias 

 O verão passou e o inverno chegou 
Mas aquela dor e sofrimento, ainda estão aqui.
 (Não mudou, nada mudou) 
Estou perdido, em meus pensamentos. 
(Em meus sentimentos) 

Há dias que eu desejo o fim, 
(Desta tristeza) 
Quero Apenas desistir de viver... 
(Mais uma ilusão) 
Não, Não quero viver. 
(Sem você)
 Quando o Outono chegar, 
(Você diz que irá voltar) 

O Verão, trouxe o calor e inundou, 
(Nossos corações) 
Com a Primavera, o nosso amor nasceu, 
(Como as flores eu um belo canteiro) 
Com o chegar do Inverno tudo se esfriou. 
(E você se distanciou) 
E o Outono chegou, e o amor acabou,
 (E meu mundo caiu, como as folhas do fim da estação)

Hoje só há lembranças de um tempo... 
(Que passou, mas que nunca mudou) 
Abro meus olhos e admiro o horizonte
(Vejo o nascer do próximo verão) 

E finalmente eu entendo, 
(O amor é como as estações) 
Que sempre depois do fim, 
 (Sabemos que haverá um novo começo)
 O amor vai voltar.

Por: Bruno C. Castex

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal