26 de maio de 2014

Conto: O Amor É Isso

  Nunca vou poder explicar exatamente como aconteceu, ou exatamente quando a minha vida se tornou um inferno. Eu não me lembro. Só sei que eu fui feliz, muito feliz, e depois… não. Desde então várias pessoas entraram na minha vida e todas elas tiveram algum papel importante, sendo bom ou ruim. Havia aquelas que me elogiavam e aquelas que não gostavam de mim, e eu lidava com cada uma delas. Dentre todas essas pessoas, você foi o único que me fez sentir alguma coisa, que me fez acreditar que eu era de fato uma boa pessoa. Eu não sei porque, já que você sempre agiu de maneira tão simples e honesta. Talvez tenha sido exatamente isso, não sei dizer. O que me pegou de surpresa foi me ver tão envolvida com alguém. De repente, eu que vivia me lamentando por tudo, agradecia por falar com você só por uma hora do meu dia. Eu que vivia cheia de coisas pra me preocupar, só pensava em você, só me preocupava com você, só queria você. Nenhum abraço me confortava, nenhum riso me alegrava, ninguém foi o suficiente. Nem livros, nem música, nem filmes me distraíam de você. Você se tornou o centro do meu mundo e me fez feliz, da maneira que eu achava impossível que alguém conseguisse ser. Eu nunca sei exatamente de nada. Sempre tô confusa ou indecisa. Minha vida sempre foi uma bagunça, e quando não era ela, era eu. Mas você é a primeira coisa que eu tenho certeza absoluta. É por isso que dói tanto. Eu preciso de você de uma maneira absurda, irracional. Preciso de você em todos os sentidos, de qualquer maneira. Eu tento fazer qualquer outra coisa, tirar você da minha mente só por um segundo, mas não adianta. Eu só tô fazendo esse texto porque eu não consigo escrever sobre mais nada, sempre que eu tento meu coração fala por mim. E nele só tem você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal